sábado, 29 de janeiro de 2011

Babaganuche - Paté de Berinjelas com Tahine

Se dependesse da sua coloração, o babaganuche com tahine nasceria morto, me disse certa vez um amigo. Pior que sou obrigado a concordar com ele.
Entretanto, suas outras qualidades superam tanto a aparência que frequentemente ganham admiradores bastante assíduos.
Esse paté é apenas mais um exemplo da versatilidade das berinjelas que eu tanto respeito e adoro... nessa receita, associadas ao tahine, uma pasta de sementes de gergelim descascadas, formam um casamento de causar inveja aos mais fervorosos amantes.
Sua coloração não tão atrativa, pode ser amenizada acrescentando algum componente decorativo como ramos de alecrim, orégano fresco, tomilho, tomatinhos cereja, etc.
Na composição de uma mesa de antipasti de verão, ele tem papel importante pelo sabor marcante e adequado para a estação.


Alla ricetta... 

Ingredientes:
4 berinjelas
2 colheres (sopa) de Tahine Istambul (pasta de gergelim)
1 dente de alho amassado
1 colher (sopa) de azeite de oliva
Sal qb
Mão nas Berinjelas:
Eu lavo as berinjelas, coloco numa forma de alumínio e levo ao forno com o gratinador aceso, pré aquecido a temperatura máxima, até que as cascas fiquem bem  tostadas e os interiores amolecidos.
Vou girando as berinjelas para que as cascas sejam “queimadas” por todos os lados. Retiro e deixo esfriar.
Depois de frias, corto cada uma delas ao meio na longitudinal e raspo a polpa com ajuda de uma colher descartando as cascas queimadas.
Coloco numa travessa e amasso bem com um garfo.
Adiciono o azeite, tahine, alho e ajusto o sal.
Misturo bem e está pronto para servir.
Sirvo com torradinhas ou fatias de pão italiano cortadas bem finas e levemente tostadas ao forno.
Uma boa dica para a composição de uma mesa mais colorida e variada de antipasti é acrescentar Pimentões fatiados em Azeite de Oliva. (Para ver a receita basta clicar sobre o nome).

Bom apetite!


O pulo do Chef: O processo de queimar as cascas das berinjelas conferem um toque defumado ao paté.
Quem não tem um forno potente com gratinador pode queimar as berinjelas diretamente na boca do fogão ou nas brasas de uma churrasqueira. Vai fazer um pouco de sujeira no fogão, mas o paté fica igualmente bom.
Levando em conta as contribuições dos ilustres visitantes, as quantidades de ingredientes podem variar segundo o gosto pessoal, como por exemplo, o tahine, sal, ou o alho. Importante lembrar sempre que uma das faces mais divertidas da cozinha é exatamente esse lado de facultar a quem se aventura nessa "viagem maravilhosa e sem fim", a possibilidade de colocar o seu toque pessoal em tudo que faz. Uma receita é apenas uma mera provocação da criatividade. Divirtam-se e obrigado pelas contribuições sempre bem vindas! 

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

14 comentários:

  1. Parece deliciosa e muito fácil de fazer.
    Amanha farei esta receita.
    Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  2. Se queimar diretamente no fogo, não precisa ir ao forno?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, eu faço sempre diretamente no fogo. Como foi dito anteriormente, faz uma sujeira, mas o gosto de defumado é maravilhoso

      Excluir
  3. É exatamente isso mesmo, no caso de queimar diretamente no fogo do fogão, não precisa ir ao forno. Porém eu não gosto de fazer diretamente no fogo por duas razões: primeiro faz muita sugeira no fogão e segundo, como tenho um bom forno elétrico, acho mais prático. Abração.

    ResponderExcluir
  4. Esta receita é espetacular. Fazia tempo que não experimentava e pesquisei aqui para lembrar das medidas. Só achei que a proporção do tahine ficou muito alta. Colocaria apenas uma colherada e adicionaria mais alho. Salsinha também vai bem nessa mistura. Bom, gosto é gosto. Continuaremos a impressionar os demais com esta receita maravilhosa.
    Parabéns pelo site!
    Abraço,
    Gregório - Superdishes

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Gregório. Vendo seu comentário, voltei à receita, editei e acrescentei na parte "O pulo do Chef" algumas outras dicas importantes. Obrigado e um abraço, Erney Feltrin

    ResponderExcluir
  6. Olá Erney! Uma dica, para o Babaganuj ficar com uma cor clara : acrescente duas colheres de sopa de água bem gelada ou uma pedra de gelo e misture até dissolver. A água gelada clareia a beringela e o tahine,deixando o patê com um aspecto mais interessante.

    Abraços,

    Maíra



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maíra, obrigado pela dica. Está compartilhado aqui e vou usar na próxima preparação. Erney

      Excluir
  7. Obrigada por compartilhar esta receita! Está bem simples. Vou experimentar!

    ResponderExcluir
  8. tahine(pasta de gergelim e pasta de sesamo é mesma coisa?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mineirinha, sesamo é o mesmo que gergelim, mas em italiano. Boa sorte e obrigado pela visita.

      Excluir
    2. Pode colocar meu nome Laura Marques Obrigado

      Excluir
  9. Se ao colocar a berinjela assar asar também os alhos 3 a 4 dentes com casca, eles viram uma massinha perdem o sabor ardido, fica uma delícia e não tão forte. Acrescente azeite também. Receita da Turquia. pois eles fazem este tipo de alho asado e conservado no azeite. Delicioso e saudável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura Marques, obrigado pela sugestão e pelo prestígio de sua visita. Da forma que vc fez é muito bom pq fica compartilhado entre todos os visitantes. Um abraço, Erney Feltrin

      Excluir

Seus comentários são muito benvindos e respondidos oportunamente, se for o caso. Aviso aos caros visitantes que precisei ativar o serviço de "verificação de palavras" para evitar Span nos comentários. Conto com sua paciência. Obrigado. Cozinha Ousada!