sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Pão de Linguiça Calabresa

Desde muito pequeno, uma das coisas que o meu neto Tiago mais gosta de fazer junto comigo na cozinha são os pães recheados de linguiça calabresa... Na verdade, desde o tempo que se escrevia lingüiça com trema.
Ele me convidava:
- Vovô, vamos fazer pão de "languiça"?
Agora já com 8 anos, preparamos coisas mais elaboradas, como as Empanadas Argentinas, que ele adora, tanto de fazer como de comer... Na verdade, acho que mais a segunda opção. Além do Tiago, agora já tenho mais ajudantes, pois o Raul e a Geovanna já começam a se interessar pela diversão prazeirosa proporcionada pela culinária.


Esse é o Tiago na cozinha do Nova Treviso
... e essa foi a primeira Empanada que ele fez.
Qualquer hora dessas coloco a receita dessas Empanadas que aprendi lá nos rincões dos pampas e as italianíssimas Panadas da Sardegna!
Alla ricetta...


Ingredientes:
1 partida de massa-base de pão (clique aqui)
1,2 kg de linguiça calabresa sem pele em fatias finas
1 maço de cheiro verde picado
1 macinho de manjericão desfolhado
1 macinho de orégano fresco desfolhado
Sal grosso qb


Como essas duas últimas ervas não são tão comuns, aqui estão os exemplares:
Raminhos de Orégano fresco
Folhas frescas de Manjericão
As fatias de linguiça calabresa podem ser colocadas cruas ou passadas por uma sarten. Quando salteadas ganham intensidade na coloração e um pouco mais de crocância.
Fatias de calabresa prontas para entrar no recheio do pão
Calabresa sendo incorporada na massa 
Mão na Massa:
A primeira coisa que preparo é a massa-base para o pão, a qual, num determinado ponto do processo vai receber os recheios. Esse ponto está indicado na receita do pão comum postada aqui (clique aqui para ver).
No ponto indicado, espalho as fatias de linguiça sobre a massa, sobre elas as ervas e enrolo segundo o formato que pretendo dar aos pães.
Recheio sendo incorporado
... enrolando a massa

Dependendo do formato que se quer fazer, o processo de enrolar o pão será de uma maneira. A seguir estão alguns dos diferentes formatos que uso...


Pão em formato normal (livre)

Fatiados ficam assim
Pão em formato normal GIGANTE
Visão do interior do forno

Cortado com as mãos fica ainda melhor!
Pão trançado em formado normal (livre)


Pão assado em forma comprida



Pão assado em forma redonda com buraco no meio.
Essa versão tem sido oferecida em fatias em algumas chopperias e pizzerias, como o Bras, por exemplo.

 


Depois de escolhido e formado o pão (ou os pães), seguir com o mesmo procedimento da receita básica do pão postada aqui no Cozinha Ousada (clique aqui).
Antes de levar ao forno, eu pulverizo com água, faço cortes (se for o caso, dependendo do formato), polvilho com sal grosso somente na superfície e levo ao forno.

O pulo do Chef:
Observar as mesmas dicas da receita básica... além delas, mais essas abaixo:
Se a quantidade de massa-base preparada com 1 kg de trigo for usada para um só pão, como eu tenho feito para presentear alguns amigos, resultará num pão com peso muito próximo a 3 kg (1 kg de trigo, 1,2 kg de linguiça, 650ml de água, mais o fermento, as ervas, sal grosso...). Cuidado, portanto, para não estragar a festa. O mais recomendado é avisar seu amigo desse intenção e combinar com ele que o "tira-gosto" estará a seu cargo. Entretanto, se for presentear, recomendo preparar pães menores, pois com a massa-base preparada com 1 kg de trigo será suficiente para preparar 4 ou 6 belos exemplares.
Quando preparar pães com formas, vale lembrar que ao serem retirados do forno, é necessário retirá-los das formas e fazerem repousar sobre uma grade para que tomem ar por todos os lados.
Se por ventura, quando um pão for retirado da forma e ainda apresentar as laterais e sua base ainda sem corar a contento, ele poderá voltar ao forno, desta vez fora da forma por mais uns 10 ou 15 minutos. Eles chegarão no ponto desejado sem absolutamente nenhum prejuízo.

Deixe aí abaixo sua avaliação num simples clique...
Print Friendly and PDF

10 comentários:

  1. Eita vô coruja..rsrs. O pão ficou bonito na foto. Vou experimentar meu caro amigo. Sou viciado em pães. Forte abraço. Peco

    ResponderExcluir
  2. Peco, na verdade esses paes fazem parte daqueles presentes de "foder churrasqueiros". Grande abraco, Erney

    ResponderExcluir
  3. lindo de mais seu neto será um grande mestre em culinária quando crescer
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Desculpe! Oque é "uma partida" da massa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Lúcia, logo a frente de onde está mencionado "uma partida" existe um link que a leva para o que é a partida de massa. É a massa báse para qualquer pão que depois recebe recheios ou outros predicados.
      Se quiser partir daqui, o link é: http://www.cozinhaousada.com/2010/11/pao.html
      Divirta-se. Erney Feltrin

      Excluir
  5. o deio pao feito em casa so pq me da azia mas meu marido ama tenho q fazer pq se não ele briga comigo então vou tentar fazer esse para ele
    ele merece meus paozinhos fica uma maravilhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ele ama meus pao

    ResponderExcluir
  6. Pode acrescentar queijo ao recheio? como faço?? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriel, obrigado pelo prestígio da visita. Vc pode sim acrescentar o tipo de queijo que desejar. No momento de enrolar a massa, misture pedaços de queijo junto com a linguiça. Sucesso garantido! Depois, não esqueça de compartilhar o resultado. Abuse do Cozinha Ousada!

      Excluir
  7. Boa noite
    Hoje eu fiz pela primeira vez a massa básica, e gostei muito do resultado e os meus convidados adoraram a receita do pão de calabresa. A receita deu para fazer 04 bengalas más surgiram algumas duvidas no decorrer da receita; 1- qual é o tempo correto para o pré aquecimento de um forno a gás antes os pães para assar; 2- a quantidade de agua é para durar até o final dos pães estarem assados, pois a minha acabou antes deles estarem assados.
    atenciosamente
    claudio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudio, antes de mais nada agradeço a vc pelo prestígio. Eu tenho alguns fornos elétricos e também a gas. Quando uso a gas costumo deixar aquecer durante 30 minutos antes de usar. Quando uso elétrico deixo menos tempo. Eu não conheço seu forno, mas se me permite uma sugestão, deixe aquecer em fogo alto e ajuste a temperatura que vc quer antes de entrar com os pães para assar.
      Sobre a água no interior para criar um ambiente com teor de umidade, não faz mal que tenha terminado antes de finalizar o processo de assar. Se durar até a metade do assar já estará bom. Depois disso estamos mais interessados no na crocância e que fiquem uniformemente dourados. Boa sorte e divirta-se muito com a cozinha.
      Por último, bom que vc tenha o domínio total do seu forno, conheça bem seu potencial de temperatura, mínimos e máximos, etc. Se existe algo que é muito diferente são os fornos e - ao mesmo tempo - fundamentais para preparar boas receitas. Abuse do Cozinha Ousada. Feliz Pascoa!

      Excluir

Seus comentários são muito benvindos e respondidos oportunamente, se for o caso. Aviso aos caros visitantes que precisei ativar o serviço de "verificação de palavras" para evitar Span nos comentários. Conto com sua paciência. Obrigado. Cozinha Ousada!