domingo, 25 de agosto de 2019

Camarões com Quinoa

Alla ricetta...

Ingredientes:
8 camarões grandes, limpos, com cauda
1/2 xícara de quinoa branca
1/2 cenoura picada em cubinhos
1 dentinho de alho processado com 1/4 de cebola (para a quinoa)
2 dentes de alho esmagados (para os camarões)
Noz moscada moída na hora qb
Cheiro verde qb
Folhas de salsinha para decorar qb
1 ponta de colher de manteiga
Vinho branco qb
Azeite de oliva qb
Sal qb

À diversão:
Eu tempero os camarões com sal, noz moscada ralada na hora e azeite. Massageio bem e deixo repousar por uns 20 minutos.
Nesse tempo cozinho a quinoa, exatamente como se faz com o arroz. Reservo.
Levo uma boa sartén ao fogo e deixo aquecer bem.
Entro com azeite, manteiga e os dentes de alho esmagados. Deixo dourar levemente e entro com os camarões. 
 Deixo corar de uma lado por uns 2 minutos girando a sartén.
Viro os camarões, adiciono pouco de vinho branco para criar um vapor e deixo por mais 1 ou 2 minutos.

Preparo a quinoa em 2 pratos com a ajuda de aros.
Retiro os aros e acomodo os camarões ao redor colocando pedacinhos dos alhos dourados e uma polvilhada sutil de cheiro verte. Finalmente uma folhinha de salsinha.
Para 2 pessoas.

O pulo do Chef: Eu deixo a quinoa de molho em água por 15 minutos antes de levar ao fogo. Isso facilita o crescimento. Muito cuidado para não deixar os camarões passarem do ponto de cozimento. É borrachinha na certa!

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Penne com Camarões, Shimeji, Abobrinha e Tomates

Essa receita é resultado de uma aventura das boas. Ela foi preparada no improviso num barco, navegando nas maravilhosas águas dos mares de Paraty-RJ, na companhia de grandes amigos e marinheiros super dispostos e interessados na culinária. Foi algo memorável para mim conhecer os marinheiros Leandro, Bruno e Vitor, pois eles prepararam essa receita com alguns palpites meus. Mão na massa? Só a deles. O que fiz foi apenas descascar os 3 tomates.

Alla ricetta...

Ingredientes:
500g de penne italiano (seco)
1kg de camarões médios limpos e descascados
Cascas de cabeças dos camarões
2 abobrinhas pequenas, limpas e cortadas em palitos
3 tomates maduros, firmes, descascados, sem sementes e picados em cubos
400g de cogumelos shimeji
2 dentes de alho esmagados
2 fatias de pão de forma sem casca
1 macinho de cebolinha verde, lavada e picada grosseiramente
Manteiga qb
Azeite de Oliva qb
Sal qb

À diversão:
A gente começou assim: pegamos o Cocadinha (barquinho) e fomos à peixaria comprar os camarões. Ela fica logo ali, no pescador Pontal.
O restante dos ingredientes tinha em casa, digo, no barco.
Vitor, Leandro e Bruno
Chegando, montamos uma linha de limpeza dos camarões, separando cascas e cabeças para o caldo. Deixamos o rabo por questões estéticas. 
Lavamos e picamos os legumes, removemos a parte mais dura dos talos dos cogumelos e desfolhamos os cachinhos. Preparamos o caldo e refogamos os cogumelos da seguinte maneira.
Levamos azeite e manteira ao fogo, entramos com as cascas e cabeças, salteamos, adicionamos água e sal e deixamos cozinhar por uns 30 minutos. Coamos, descartamos os sólidos e voltamos ao fogo para reduzir. Engrossamos o caldo com o pão de forma sem casca esmigalhado com as mãos. Assim que desmanchou reservamos o caldo.
Levamos água ao fogo para cozimento da massa.
Salteamos os shimejis em azeite e manteiga numa sartén e salgamos depois de retirar do fogo pra não juntar água. Reservamos.
Salteamos os camarões em sartén com azeite, manteiga e alho. Salgamos e reservamos protegidos.
Salteamos as abobrinhas e os tomates em azeite e sal.
Salgamos a água de cozimento com sal grosso no ponto "água do mar" e colocamos a massa para cozinhar vigiando sempre para não grudar. Tivemos de usar algo inadequado que foi colocar um pouco de azeite na água, pois nossa panela não cabia a quantidade de água necessária para 500g de massa, ou seja, 5 litros de água.
Com tudo preparado, conferimos o ponto de cozimento da pasta. Escorremos e acomodamos numa panela grande e levamos ao fogo. Reservamos um copo da água do cozimento para ajustar o molho.
Adicionamos os demais ingredientes reservados, molho, shimejis, abobrinhas e tomates, camarões e água do cozimento. Misturamos bem, provamos, ajustamos o sal e finalizamos com a cebolinha verde por cima.
Serve 9 a 10 porções. Bom apetite!


O pulo do Chef: Quando não temos as condições adequadas temos de improvisar e escolher o melhor. Por exemplo, para cozinhar 500g de pasta devemos usar 5 litros d´água para que não grude. Se usamos azeite na água de cozimento corremos o risco de impermeabilizar e dificultar a aderência do molho à massa. Nesse caso não tinha muito jeito, então usamos duas coisas, um pouquinho de azeite e a vigilância da massa durante o cozimento, separando os teimosos.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Arroz Frito com Camarões e Cebolinha Verde

Essa receita é resultado de uma aventura das boas. Ela foi preparada no improviso num barco, navegando nas maravilhosas águas dos mares de Paraty-RJ, na companhia de grandes amigos e o marinheiro Leandro.
Foi algo memorável para mim conhecer o Leandro e os mares calmos de Paraty - um paraíso indescritível.

Alla ricetta...


Ingredientes:
5 xícaras de arroz cozido
1 kg de camarões médios limpos e descascados
2 dentes de alho esmagados sem casca
1 macinho de cebolinha verde picado grosso
Manteiga qb
Azeite de oliva qb
Sal qb

À diversão:
Aquecemos uma panela média com azeite e manteiga. Entramos com os dentes de alho esmagados até ganharem cor. Em seguida salteamos os camarões em pequenas quantidades de ambos os lados e bem rápido, apenas até ganharem cor. Salgamos, mexemos bem e reservamos protegidos.
Na mesma panela, preservando todos os resíduos ali deixados pelos camarões, adicionamos mais um pouco de manteiga e azeite. Adicionamos o arroz cozido e deglaçamos toda a superfície da panela até que ficasse bem quente e frito.
Acomodamos numa travessa redonda e cobrimos com os camarões e a cebolinha verde.
Serve 5 a 6 pessoas.

O pulo do Chef: Essa preparação é a mais simples possível, com pouquíssimos ingredientes. Portanto, quem gostar pode adicionar alguns ingredientes ao arroz que dará sabor e sofisticação, como outras ervas frescas além da cebolinha, cubinhos de tomates, abobrinha, ervilhas, castanhas como nozes, castanha de caju, amêndoas, etc. Também se pode adicionar creme de leite, passas, etc.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Torta de Bacalhau em Folhas Verdes

Esta receita fez parte do nosso Workshop de Natal realizado em 14/DEZ/2018 em Valinhos. Foi adaptada de uma receita criada por um dos maiores chefs da atualidade, Laurent Suaudeau.

Alla ricetta...

Ingredientes:





Quantidades para 14 porções.

O pulo do Chef: Alguns ingredientes como o espinafre, por exemplo, fica muito difícil de especificar as quantidades devido variação entre fornecedores, etc. Então, melhor levar em conta que a quantidade será necessária para forrar 14 forminhas de alumínio nos fundos e laterais.
Quando estiver dourando as lâminas de alho, tenha a máxima atenção, pois as lâminas ganham coloração muito rapidamente e se passar do ponto ficará amargo. Quanto chegar na cor desejada retire imediatamente para o papel absorvente.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Gnocconi di Gorgonzola, Mozzarella e Noci

Essa receita de prato principal - Nhocão de Gorgonzola, Muçarela e Nozes - foi testada e preparada no Workshop de 11/Abril/2018 em Sousas.

Alla ricetta...
Ingredientes

Para o Azeite Saborizado:
Raminhos de tomilho fresco qb
2 dentes de alho descascados e cortados ao meio
Azeite de oliva qb (cerca de 5  colheres das de sopa)

Para o Gnocconi:
1 kg de batatas Asterix rosa
2 colheres (sopa) de Parmesão
250g de muçarela
100g de gorgonzola
100g de nozes trituradas
200g (aproximados) de farinha de trigo
2 gemas (ou 1 ovo)
1 colher rasa de manteiga
Noz moscada ralada na hora qb
Sal qb

À diversão:
Levar o azeite para aquecer em banho-maria por 15 minutos com raminhos de tomilho e os dentes de alho cortados ao meio. Reservar para esfriar.
Cozinhar as batatas, escorrer, descascar e amassar ainda quente. Misturar o puré com a farinha (a quantidade depende de quanto às batatas absorvem, mas não deve passar de 25% em relação ao peso das batatas), manteiga, parmesão, gemas, sal e noz moscada.
Dividir o composto de batatas em duas partes iguais, estender sobre uma folha de papel manteiga untado com azeite formando dois retângulos com espessura aproximada de 1 cm ou menos.


Distribuir os ingredientes do recheio (muçarela, gorgonzola e nozes) nos dois retângulos, deixando uma borda para colar ao enrolar.

Enrolar com ajuda do papel manteiga e fechando as bordas dos rolos e acomodando sobre dois panos de prato limpos. Amarrar as bordas.
Levar ao cozimento em água salgada por 25 a 30 minutos. Escorrer e deixar amornar.
Remover o pano de prato, fatiar e servir regado com o azeite saborizado.

Serve 6 porções.

O pulo do ChefImportante deixar amornar um pouco para que o corte seja mais fácil com menos risco de romper.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Insalata di Indivia con Carpaccio di Manzo, Pomodori, Mozzarella di Bufala e Salsa di Capperi e Parmigiano Grattugiato

Essa receita de salada - Salada de Endívia com Carpaccio, Tomates, Muçarela de Búfalo e Molho de Alcaparras e Parmesão Ralado - foi testada e preparada no Workshop de 11/Abril/2018 em Sousas.

Alla ricetta...

Ingredientes:
4 endívias desfolhadas e lavadas
400g de carpaccio bovino
1 vidro de alcaparras em conserva
Parmesão ralado qb
5 tomates italianos, frescos, maduros, vermelhos, firmes
400g de muçarela de Búfala
1 limão siciliano para ralar a casca
Azeite EVO* qb
Sal qb
* Ver Glossário

À diversão:
Molho: processar parte das alcaparras com azeite e seu vinagre de conserva e reservar.
Montar as folhas de endívias nos pratos ao redor de fatias de tomates intercalados com fatias de muçarela de búfala.
Rechear as folhas de endívia com carpaccio e regar com molho de alcaparras.
Ralar cascas de limão siciliano por cima, decorar com alcaparras inteiras, regar com azeite e servir.

Serve 10 porções.


O pulo do Chef: Para desfolhar as endívias cortamos um pedaço da base e as folhas começam a soltar. Cortamos mais um pouco e novas folhas se soltam. Assim vamos até terminar a peça.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Homenagem aos Pescadores

O Cozinha Ousada tem um foco bastante importante no preparo dos ingredientes originário das águas. Rios, lagos e mares! Por essa razão queremos homenagear os homens e mulheres que tornam isso possível.
Parabéns a todos os pescadores!


Print Friendly and PDF

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Torta al Limone con Arance

Essa receita de sobremesa - Torta de Limão com Laranjas - foi testada e preparada no Workshop de 11/Abril/2018 em Sousa.

Alla ricetta...

Ingredientes
Para o Creme de Limão:
Suco de 4 limões sicilianos peneirados
200g de açúcar de confeiteiro
850 ml de creme de leite fresco
18g de gelatina em pó sem sabor

Para o Merengue:
4 colheres de açúcar
4 claras

Para a Laranja Escalfada:
5 laranjas em gomos despelados
250g de açúcar de confeiteiro
250g de água

Outros utensílios/ingredientes:
1 lâmina de pão de ló (base para Bem Casado) Ver a receita clicando AQUI
12 forminhas redondas de alumínio com fundo removível, com 7,5 cm por 2,5 de altura.

À diversão
Creme de Limão:
Hidratar a gelatina com um pouco de água.
Cortar 12 discos de pão-de-ló do tamanho do fundo das forminhas.
Untar as forminhas, acomodar um disco no fundo de cada uma e levar ao freezer por 25 a 30 minutos.
Ferver o suco de limão, o creme de leite e o açúcar até dissolver bem o açúcar. Juntar a gelatina e misturar bem.
Retirar as forminhas do freezer e preencher apenas com um pouquinho do creme e voltar ao freezer por mais alguns minutos para que a gelatina endureça e vede os aros.
Retirar do freezer e completar com o creme e levar à geladeira por cerca de 2 horas.

Merengue:
Levamos uma panela grande com água ao fogo preparando o banho-maria.
Misturamos as claras e o açúcar num recipiente e colocamos sobre a água da panela grande (banho-maria), batendo forte, sem parar, até que ganhe consistência (formar picos).
A temperatura do merengue não pode exceder 50° C. Quando alcança esta temperatura, retiramos do fogo e continuamos bater até que esteja perfeito, o que vai levar uns 10 minutos.
O merengue está pronto para ser colocado num saco de confeitar para facilitar o uso.

Laranja Escalfada:
Descascamos e retiramos os gomos das laranjas isentos de pele.
Fervemos a água com o açúcar numa panela, juntamos os gomos de laranja e retiramos do fogo. Deixamos esfriar.

Montagem:
Desenformamos as tortas em pratos retirando as bases de alumínio, decoramos com bicos de merengue, douramos com um maçarico culinário e servimos com os gomos de laranja ao redor com uma pequena bola de sorvete de baunilha sobre o merengue.

Serve 12 unidades.


O pulo do ChefA temperatura do merengue não pode exceder 50° C. Faça boa atenção ao processo de enchimento do creme para que não tenha vazamento.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Arroz com Calamares e Cogumelos Paris

Alla ricetta...

Ingredientes:
600g de calamares frescos com as cabeças
200g de cogumelos Paris
120g de arroz agulhinha
1 tomate italiano fresco, maduro, firme, descascado e picado em cubos
Salsinha picada grosseiramente qb
Azeite de Oliva qb
1 colher rasa de manteiga
2 dentes de alho esmurrados, sem casca
Sal qb

À diversão:
Deixo os calamares em temperatura ambiente, separo as cabeças e corto em anéis. Salteio só os anéis com azeite, manteiga e alho por 3 ou 4 minutos. Evito mexer nos calamares e faço apenas uma virada no meio do tempo.
Salgo depois de retirar da sartén. Reservo.
Mantenho a sartén no fogo com o alho e acrescento um pouco mais de azeite e manteiga. Entro com as cabeças de calamares para o primeiro choque e em seguida com os cogumelos.
Deixo apenas o tempo para que troquem sabores e retiro os cogumelos. Salgo e reservo.
Mantenho as cabeças de calamares na sartén.
Adiciono o arroz, misturo bem com as cabeças para descolar os resíduos das frituras e adiciono água aquecida até cobrir o arroz.
Deixo cozinhar lentamente controlando a quantidade de água.
Momentos antes do arroz chegar ao ponto certo adiciono uma parte da salsinha...
... os cogumelos e os anéis de calamares. Misturo bem e...
... finalizo com o restante da salsinha e os cubos de tomares.
Cubro e deixo aclimatar por 5 minutos e sirvo.
Serve 2 a 3 porções. Bom apetite!

O pulo do Chef: Você viu que as cabeças de calamares entram no cozimento e não saem mais devido serem mais firmes e demoram mais para amaciar.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF