segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Guacamole

Alla ricetta...
Ingredientes:
2 abacates pequenos maduros e firmes
2 tomates maduros e firmes, sem sementes
1 cebola roxa média
1/2 maço de coentro fresco picado
Suco de 1/2 limão
Folhas de salsinha ou coentro para decorar
Sal qb

À diversão:
Eu pico os tomates e cebola em cubinhos bem pequenos. O coentro pico as folhas grosseiramente e os talos mais tenros em pedacinhos bem pequenos.
Os abacates pico em cubos maiores, cerca de 2 x 2 cm.
Coloco tuco num bowl, adiciono o suco de limão e o sal e misturo cuidando para que os cubos de abacate não sejam muito amassados.
Provo. Ajusto limão e sal, se necessário e levo sob refrigeração até ser servido.
Suficiente como aperitivo para 15 a 20 pessoas servido com triângulos de tortillas.

O pulo do Chef: Há muitas maneiras de se preparar um guacamole... já vi de tudo, mas os melhores são aqueles que se conserva os cubos inteiros do abacate. Por favor, não permita que o guacamole se torne uma pasta uniforme, meio esverdeada. parecendo mais com aquelas coisas que os bebês "devolvem" para as mães quando elas exageram na alimentação.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.

Print Friendly and PDF

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Pizookie com Sorvete

Essa receita foi preparada no Workshop de 08/Março/2017 na Riviera de São Lourenço. O nome pizookie é apenas uma brincadeira mesclando o nome pizza e cookie.
Alla ricetta...


Ingredientes:
180g de farinha de amêndoas
1 colherinha de fermento químico em pó
½ colherinha de sal marinho
80ml de mel
60ml de óleo vegetal
1 colherinha de extrato de baunilha
1 colherinha de canela em pó
1 ovo grande
200g de chips de chocolate
Sorvete (que combine)
Forminhas de alumínio
Trigo e manteiga para untar as forminhas



À diversão:

Num bowl misturamos a farinha, fermento e sal até que fiquem bem integrados.
Em outro recipiente misturamos o mel, óleo, baunilha e ovo. Depois de bem integrados juntamos e agregamos à mistura de farinha.
Agora juntamos os chips de chocolate e a canela. Cobrimos e deixamos repousar na geladeira durante uns 20 ou 30 minutos ou até que o composto fique bem frio e firme.
Aquecemos o forno a 180° graus.
Untamos as forminhas com manteiga e polvilhamos farinha de trigo.
Acomodamos a massa nas forminhas e levamos ao forno durante 20 a 25 minutos ou até que fiquem douradas.
Servimos com sorvete de baunilha.

Serve 12 unidades.


O pulo do Chef: O sorvete de acompanhamento pode ser de chocolate, flocos, natas, etc.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Mexilhões Crocantes

Alla ricetta...

Ingredientes:
600g de mexilhões meia casca, limpos e sem fios
Pão torrado grosseiramente triturado qb
3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 cebola pequena bem batida na faca
Salsinha fresca picada qb
Folhas de tomilho fresco qb
Azeite de oliva qb
Sal qb
Limão para acompanhar
Ramos de tomilho para decorar

À diversão:
Eu esmago algumas torradas de pão com um rolo de abrir massa, adiciono parmesão, cebola, salsinha, tomilho, sal e azeite. Misturo muito bem formando uma saborosa farofa e forro uma sartén grande com esse composto.
Lavo bem os mexilhões e retiro cuidadosamente um fio duro cortando com a ponta de uma tesoura pequena, cuidando para que não soltem das meia cascas.



Escovo e raspo o exterior das cascas enxaguando bem.
Acomodo todos os mexilhões virados para baixo, fazendo pressão sobre a farofa.


Rego com um pouquinho mais azeite de oliva e levo ao fogo. Vigio para que o fundo ganhe uma cor intensa, beirando queimar.
Depois de tostados, retiro com ajuda de uma espátula pequena e acomodo em pratos.
Sirvo decorados com tomilho e gomos de limão.
Como entrada serve de 6 a 8 pessoas.

O pulo do Chef: Melhor seria ter os mexilhões frescos, mas infelizmente moro longe do mar e preciso usar os congelados disponíveis.
É muitíssimo importante remover um fio que os mexilhões têm no seu interior, pois eles têm textura extremamente desagradável.
A limpeza da parte externa dos mexilhões é igualmente importante, pois podem levar impurezas e partículas arenosas. 
Depois de tostados o conteúdo também pode ser virado sobre um prato grande, desde que a sartén seja bastante antiaderente.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

domingo, 24 de setembro de 2017

Mini Cheesecake de Frutas Vermelhas

Alla ricetta...
Ingredientes:
Base:
150g de biscoito Maizena
60g de manteiga
2 colheres (sopa) de açúcar

Creme:
9g de gelatina sem sabor
150ml de creme de leite fresco
300g de cream cheese Philadelphia
250g de ricota
1 sachê de baunilha
2 colheres (sopa) de Glaçúcar


Cobertura:
6g de gelatina sem sabor
250g de frutas vermelhas
50g de açúcar

12 forminhas de silicone (muffins)
Raspas de limão siciliano para decorar (opcional)


À diversão:
Processar os biscoitos com açúcar até obter um pó. Juntar a manteiga derretida e misturar com uma colher. Pegar as forminhas e distribuir o composto obtido no fundo delas (aproximadamente uma colher das de sopa em cada uma) e aplanar a base com as costas da colher. Levar tudo à refrigeração por 30 minutos.
Enquanto isso preparar o creme: colocar a gelatina para hidratar num recipiente com água fria por 10 minutos; processar o cream cheese com a ricota, misturar bem e depois juntar o glaçúcar e baunilha. Numa panela aquecer (sem ferver) 50ml de creme de leite fresco, apertar a gelatina para escorrer a água e derreter no creme de leite. Unir o obtido no composto anterior. Bater o restante do creme de leite e incorporar delicadamente.

Colocar o composto num saco de confeitar e distribuir sobre as bases de biscoito. Também pode ser com uma colher. Voltar à refrigeração por mais duas horas cobrindo cada uma com filme plástico.
Preparar a cobertura: coloque a gelatina para hidratar em água fria; lavar as frutas, retirar cabinhos, picar e colocar num bowl com açúcar para marinar. Escaldar tudo em fogo doce até que as frutas comecem a desmanchar. Bater com um mixer para obter um puré. Espremer a gelatina e juntar ao puré de frutas ainda morno, misturar até que dissolva bem. Resfriar e com a ajuda de uma colher, colocar sobre as forminhas recobrindo bem as superfícies. Voltar à refrigeração por mais uma hora.
Desenformar com muita delicadeza, colocar raspas de casca de limão siciliano e servir!
Receita para 12 unidades.

O pulo do Chef: Essas mini cheesecake podem receber diversos tipos de cobertura, como geleias diversas. Se tiver dificuldade de desenformar a ponta de uma faca aguda pode ser usada para facilitar o trabalho. 

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

domingo, 17 de setembro de 2017

Salsa Verde Mexicana

Esse é um clássico molho mexicano que acompanha muitos pratos.
Alla ricetta...

Ingredientes:
4 tomares verdes
4 pimentas dedo-de-moça verdes sem sementes
1/2 maço de coentro fresco
1/2 maço de salsinha fresca
1/2 cebola
Sal qb
À diversão:

Eu lavo muito bem todos os ingredientes, seco, pico grosseiramente e bato tudo no liquidificador até atingir a textura cremosa.


Prove. Vale a pena!

O pulo do Chef: a quantidade de pimentas vai de acordo com seu gosto. Eu acho que 4 delas em relação às quantidades dos demais ingredientes confere um bom equilíbrio. Além disso eu retiro as sementes.
Entretanto isso vai da sensibilidade de cada um e recomendo que você faça seu ajuste.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Pavlova

Alla ricetta...
Ingredientes

Para o Merengue:
1 colher (sopa) de vinagre de maçã (ou de vinho branco)
3g de cremor tártaro (ou 6g de fermento químico em pó)
23g de maisena
1,5g de sal
270g de claras de ovos em temperatura ambiente (cerca de 9)
1 colher (chá) de estrato de baunilha
375g de açúcar refinado

Para a Cobertura:
3 caixinhas de morangos
1 manga palmer
1 caixinha de uvas Thompson (sem sementes)
500ml de creme de leite fresco
45g de açúcar refinado
1,5 colher (sobremesa) de gelatina em pó sem sabor

À diversão:

Eu ligo o forno elétrico em temperatura máxima, aproximadamente 220°, enquanto preparo o merengue: separo as claras das gemas (reservo as gemas para outra receita) e com o batedor de arame da batedeira, bato as claras em neve juntando o sal. Quando começa encorpar, sempre batendo, junto o cremor tártaro e o estrato de baunilha.

A parte misturo o açúcar e a maisena e junto ao composto de claras uma colher de cada vez, sempre batendo, até que fique tudo bem incorporado.

Finalmente junto o vinagre em duas vezes. Resulta um composto cremoso e firme que acomodo numa forma de alumínio forrada com papel manteiga untado com manteiga, formando um disco ligeiramente mais alto nas bordas.

Baixo a temperatura do forno para 120° enforno o merengue deixando assar por cerca de 90 minutos.
Passado esse tempo, desligo o forno, abro uma fresta na porta e deixo esfriar completamente a base da Pavlova que deve estar crocante e levemente dourado.

Lavo as frutas, pico os morangos maiores e deixo inteiros os menores, descasco a manga e pico em cubos, as uvas ficam inteiras.

Coloco a gelatina para hidratar com água apenas o necessário. Bato o creme de leite em ponto de chantilly juntando o açúcar logo que começa a encorpar e depois junto a gelatina.
Uma vez pronto, coloco sobre a base de merengue acomodando com o dorso de uma colher. Decoro com as frutas e está pronta para ser servida em fatias!
Serve 12 porções.

O pulo do ChefConservar a Pavlova sob refrigeração por até dois dias. O cremor tártaro pode ser substituído por 4g de fermento químico em pó. Usar as gemas para outra receita.

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

terça-feira, 12 de setembro de 2017

RESULTADO DA POLENTA SOLIDÁRIA de 24/JUNHO/2017

A Polenta Solidária que organizamos no dia 24 de Junho passado em prol do Recanto dos Velhinhos de Valinhos rendeu R$ 11.144,00, depositados na conta da instituição no Banco Itaú em 26 de Junho.

Agora as empresas que nos apoiam e ajudaram a viabilizar mais essa empreitada! Recebam nosso mais profundo agradecimento pela confiança e por sempre estarem conosco!


Patrocinadores


Nosso muito obrigado a Você!!!
E, finalmente, agradecemos a você que participou do evento, que aceitou o convite para fazer um singelo - mas muito relevante - gesto de doação e que, acima de tudo, compreendeu que essa atitude foi muito, mas muito mais importante que qualquer outra coisa!

Muito obrigado a todos e até a próxima!
Print Friendly and PDF

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Camarões na Moranga

Alla ricetta...
Ingredientes:
1 moranga grande
1,5 Kg de camarões médios, limpos e descascados
1 requeijão Catupiry de 400g
5 dentes de alho
1 cebola grande picada em cubinhos
1 pimenta dedo-de-moça fresca, sem sementes, picadinha
2 tomates maduros descascados e sem semente, picadinhos
1 maço pequeno de salsinha fresca bem picado

Azeite de oliva qb
Sal qb
1 maço pequeno de salsinha fresca bem picado


À diversão:

A primeira coisa a fazer é preparar a moranga. Abro uma tampa na parte superior e removo de dentro todas as sementes e outras fibras indesejadas.

Agora é colocar um pouco d´água dentro, embrulhar em papel laminado de alumínio e levar ao forno até que a polpa fique tenra. Essa levou mais de uma hora e o tempo vai depender do ponto de maturação da moranga e do seu tamanho.

Enquanto a moranga assa o recheio é preparado...

Colocamos as cascas, cauda e cabeças dos camarões num pouco d´água fervente para extrair os sabores por aproximados 15 minutos.
Depois disso levamos uma boa sartén* ao fogo e entramos com azeite e os dentes de alho.
 Depois do azeite saborizado entram os camarões.
Salteamos por 2 minutos. Retiramos, descartamos os dentes de alho e reservamos. 

Agora dissolvemos os maravilhosos resíduos deixados na sartén...
 ... entrando com a cebola e pimenta, mexendo para ajudar.
Agora entramos com os tomares e um pouco do caldo com os sabores extraídos das cascas dos camarões.
Voltamos então com os camarões reservados e juntamos a salsinha.

Paramos um pouquinho por aqui e vamos cuidar da moranga.
Retiramos do forno, afastamos o alumínio e espetamos a polpa com um garfo para conferir o ponto.

Uma vez assada, raspamos um pouco da polpa e juntamos aos camarões para atribuir mais cremosidade ao recheio.
Agora o recheio está pronto.

Passamos uma camada de requeijão Catupiry no interior da moranga, adicionamos o recheio e cobrimos com o restante do requeijão.

Voltamos ao forno, agora sem a tampa para dourar o requeijão e a moranga.

Quando a superfície da moranga começar a tostar e o requeijão dourar está pronto pra servir.


Servir com arroz branco e um tracinho de azeite.
Serve 10 a 12 porções. Bom apetite

O pulo do Chef: É bom saltear os camarões sem exagerar nas quantidades. Melhor preparar pouco a pouco para não correr o risco de ficarem borrachudos.
Raspar um tanto da polpa e adicionar no recheio confere bastante mais cremosidade.
Prefiro usar o requeijão Catupiry pela sua consistência. Nenhuma outra marca tem essa textura. Vele investir nele.


Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.

Print Friendly and PDF