terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Cordeiro na Manteiga com Ervas e Polenta

Alla ricetta...
Ingredientes

Polenta:
3/4 de xícara de polenta italiana
2 xícaras de água
1 xícara de caldo de legumes (cebola, cenoura e salsão)
1 dente de alho esmagado
1 ponta de colher de manteiga
Azeite de Oliva qb
Sal qb

Cordeiro:
2 peças de carré de cordeiro com aproximados 350g cada

1 dentinho de alho esmagado
Pimenta do reino branca moída na hora qb
Noz Moscada ralada na hora qb
2 colheres (sopa) de manteiga
Azeite de Oliva qb
1 ramo de alecrim fresco
2 ramos de orégano frescos
2 ramos de tomilho frescos
2 brotinhos de hortelã para decorar

Molho:
100ml de vinho branco Souvignon Blanc
1 colher rasa (sopa) de manteiga
Farinha de trigo (um tiquinho) qb
1 colher (chá) de pasta de tomate
1 colher (sopa) de melado de cana
Sal qb

À diversão:
Começo temperando a carne com sal, alho, pimenta do reino e noz moscada, massageando bem e deixo descansar.


Levo uma panela ao fogo com alho, manteiga e azeite e deixo dourar levemente. Retiro do fogo, junto os líquidos (água e caldo vegetal) e dissolvo a farinha de polenta. Volto ao fogo, mexo com frequência suficiente para não pegar no fundo e sigo cozinhando. Enquanto isso...
... levo uma boa sartén ao fogo, deixo aquecer bem, entro com azeite e metade da manteiga, misturo bem e quando começar a sair um pouquinho de fumaça, deito as duas partes do cordeiro com os ossos para cima para selar.

(Acendo o forno para chegar em 180 graus).

Entro com as ervas para aromatizar fazendo contato com a parte quente da sartén.
Entro com o restante da manteiga e selo a carne por todos os lados. Feito isso, levo ao forno pré aquecido por 10 ou 12 minutos.
Na mesma sartén, dissolvo os sólidos com vinho branco, mais um pouquinho de manteiga, melado de cana, pasta de tomate, misturo bem, deixo levantar fervura para evaporar o álcool, polvilho um tiquinho de farinha de trigo para ligar e ajusto o sal.
Retiro a carne do forno e deixo descansar por alguns minutos.

Montagem: Corto entre os ossos cada uma das peças de cordeiro e acomodo sobre uma caminha de polenta. Molho por cima, sem exageros e decoro com raminhos de hortelã.
Bom apetite!!!Serve 2 porções.


O pulo do Chef: O álcool do vinho precisa ser evaporado restando apenas seu extrato. A carne de cordeiro é delicada e apresenta seu melhor potencial de sabores quando cozida ao ponto, ou seja, bem rosada por dentro mas sem estar cru. Por essa característica, pode ser temperada minutos antes de entrar em preparo, mas importante que esteja em temperatura ambiente e ajuda muito receber uma boa e carinhosa massagem para a penetração dos temperos.  

Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são muito benvindos e respondidos oportunamente, se for o caso. Aviso aos caros visitantes que precisei ativar o serviço de "verificação de palavras" para evitar Span nos comentários. Conto com sua paciência. Obrigado. Cozinha Ousada!