quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Chiles Anchos Recheados

Essa é pra matar saudades das andanças e dos bons amigos que fiz no México, entre eles está especialmente meu grande amigo Omar Oropezza, que ainda hoje me traz esses maravilhosos Chiles Anchos y otras cositas mas.
Algumas bastante picantes, como eles dizem!!!
Certa vez num restaurante simples da Cidade do México o "mesero" colocou sobre a mesa um suporte com muitos molhos de pimenta...
- ... e porque tantos potinhos com molho? Perguntei.
Era um suporte com 3 estágios... em cada um deles tinha uns 4 ou 5 potinhos com molho de pimenta. Parecia um daqueles "Sinos de Missa do Galo" que eu tocava na missa quando era coroinha?
- Sin embargo, de abajo hacia arriba los chiles son todavía mas fuertes.
- Por decir... empezo por los mas bajos?
- Tu lo decides... pero recomiendo que sigas el flujo...
- Gracias. Bien, a disfrutarlos...
Para mim nunca foi possível passar do primeiro estágio.


O chile ancho é muito parecido com o nosso pimentão, que de ardido não tem nada. A diferença é que os de lá são respeitavelmente ardidos. Mas ficam tentadores quando bem preparados e "amansados" com a retirada das sementes. Quando você come, no auge da ardência, jura que não vai comer outra vez... Passados 3 minutos seus olhos já se voltam para eles e você começa a mudar de idéia. Definitivamente, come mais um pedaço, e outra vez mais, e mais uma vez... É um inferno de prazer!!!


Alla ricetta...
Ingredientes:
100g de Chile Ancho desidratado
2 cebolas grandes picadas a brunoise
150g de cream cheese (Danúbio ou Philadelphia)
50g de parmesão ralado
1 ovo
Azeite de oliva qb
Sal qb
Legenda: a brunoise=em cubinhos pequenos; qb=quanto basta; chile ancho=um tipo de pimentão vermelho grande, desidratado, com teor alto de ardência.
Mãos nos chiles:
Eu coloco os chiles para hidratar num litro d'água. Deixo levantar fervura, desligo o fogo e deixo descansar por 5 minutos.
Enquanto isso preparo o recheio misturando todos os demais ingredientes - cream cheese, cebolas, parmesão, ovo e sal.
Retomo os chiles, lavo com cuidado retirando todas as sementes.
Rego uma forma de alumínio com azeite, coloco uma parte do recheio em cada chile e acomodo na forma. Rego com um pouco mais de azeite e levo ao forno pré aquecido a 180 graus por 25 a 30 minutos.


Serve 4 a 6 pessoas.
O pulo do Chef: a lavagem dos chiles para retirar as sementes faz com que eles fiquem menos agressivos, diminuindo o ardor e ressaltando o sabor.
Eles podem ser encontrados em casas de importados e normalmente são de origem mexicana.
No recheio se pode adicionar um pouco de miolo de pão para ajudar na liga.
Também se pode esmigalhar grosseiramente algumas fatias de pão torrado e polvilhar por cima antes de levar ao forno.
Podem ser servidos puros ou acompanhados de batatas cozidas ou cubos de abacate fresco com azeite e sal.


Sirvo de entrada ou tira gosto acompanhado de um tequila reposado ou alguma outra bebida forte, destilada, de teor alcoólico ao redor de 40 graus.


Deixe aí abaixo sua avaliação com um simples clique.
Print Friendly and PDF

2 comentários:

  1. Vou ao México mês que vem e estou ansiosa para experimentar esse prato! Aliás, muito legal dar a dica de tirar as sementes! às vezes tentamos fazer uma receita e não dá tão certo exatamente porque esses detalhes importantes não são compartilhados... VAleu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desejo boa viagem e aproveite muito o México. É um belíssimo país que ainda será descoberto turisticamente pelos brasileiros. Com um pouquinho de coragem, procure saber e provar os gusanos de maguey, os escamoles, as bebidas regionais como o mescal, etc..... Cuidado com as regiões contaminadas pelo tráfico no norte! Acredite: Está muito perigoso... o Rio de Janeiro perde de longe! Um abraço, Erney

      Excluir

Seus comentários são muito benvindos e respondidos oportunamente, se for o caso. Aviso aos caros visitantes que precisei ativar o serviço de "verificação de palavras" para evitar Span nos comentários. Conto com sua paciência. Obrigado. Cozinha Ousada!