terça-feira, 23 de novembro de 2010

Moqueca do Rafa - de Cação com Pirão de Mandioca

Que pai não tem o maior orgulho do filho que vai dar continuidade a uma das coisas que ele mais ama?!!!... e eu não sou diferente!
O Rafael, meu filho, faz coisas interessantes na cozinha, com desenvoltura e intimidade! Fico feliz!!! Para ele, como precisa dedicar muito tempo ao trabalho, falta tempo para a cozinha, mas quando entra nela resulta em coisas boas! Ele não sabe, mas já sei quem vai herdar o meu Lievito!!!

Essa Moqueca de Cação com Pirão de Mandioca é um dos seus campeões!
Alla ricetta...

Ingredientes:
2,7 Kg de boas postas de cação
8 cebolas médias cortadas em rodelas
8 tomates maduros cortados em rodelas
1 maço de cheiro-verde picado grosseiramente
1 maço de coentro rasgado com as mãos
2 vidros de leite de côco de 200ml cada
8 colheres (sopa) de azeite de dendê
500ml de caldo de peixe
2 limões taiti grandes (suco)
Farinha de Mandioca qb (um pacotinho de 500g dá e sobra)
Pimenta vermelha desidratada moída qb
Açafrão brasileiro da Casa das Ervas qb
Noz moscada moída na hora qb
2 dentes de alho em pasta
Azeite de oliva qb
Sal qb

Mão no Peixe:
O Rafa prepara tudo na panela de barro e para esta quantidade usou duas delas.
Antes de mais nada faz uma rápida marinada com as postas de peixe em sal, alho, suco de limão e coentro. Deixa descansar por uns 30 minutos.

Rega o fundo da panela com azeite e faz uma cama de cebolas e tomates.

Acrescenta cheiro verde e coentro e começa a acomodar as postas de peixe.

Forma uma boa camada de postas.

Cobre com outra camada de cebolas e tomates, mais os verdes picados, sal e azeite. Acrescenta o caldo de peixe, leite de côco, açafrão, noz moscada e pimenta.

Leva ao fogo coberta por 30 minutos depois que levanta fervura.

Retira um tanto do caldo para outra panela para a preparação do pirão.

Apura o caldo e corrige os temperos.

Com a ajuda de um batedor - que nesse caso era eu - vai acrescentando farinha de mandioca até dar o ponto na cremosidade certa. Pronto.
Eu já falei! Não faço nenhuma exigência com os ingredientes todos... Fico só com o Pirão sem reclamar!!! É dos deuses!

O pulo do Chef: Acho que nessa receita, o conhecimento e a experiência sobre como se comporta o calor na panela de barro é o ponto de atenção. Ela demora a subir fervura, mas igualmente mantém a fervura por um bom tempo depois que se apaga o fogo! Conserva maravilhosamente o conteúdo aquecido por muito tempo... até para os infelizes retardatários - que poderão correr o risco de encontrar só as sobrinhas, mas com o consolo de estarem ainda bem quentinhas!

Serve 10 porções guarnecidas com arroz de Jasmim Tio João preparado pela Zizy!

Deixe sua avaliação aí abaixo com um simples clique... Print Friendly and PDF

2 comentários:

  1. Vou fazer esta receita. Se ficar boa, comentarei. Só vou acrescentar alfavaca no lugar do açafrão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente. Obrigado pelo prestígio de sua visita e volte sempre.

      Excluir

Seus comentários são muito benvindos e respondidos oportunamente, se for o caso. Aviso aos caros visitantes que precisei ativar o serviço de "verificação de palavras" para evitar Span nos comentários. Conto com sua paciência. Obrigado. Cozinha Ousada!